Campos Machado apresenta lei para regulamentar a profissão de Capelão Civil

O deputado Campos Machado, presidente estadual do Avante, apresentou um projeto de lei que reconhece e regulamenta a profissão de Capelão Civil. 

Agora, o PL aguarda votação em plenário  da ALESP para entrar em vigor.De acordo com o texto, para exercer a profissão de capelão a pessoa precisará do registro na Ordem dos Capelães do Brasil (O.C.B.). 

As entidades credenciadas pela O.C.B. irão ficar responsáveis pela formação dos profissionais de capelania civil.

 “É importante reconhecermos os capelães como profissão, afinal são eles que exercem a assistência espiritual individual a quem precisa. É uma entidade que contém pessoas de todas as fés, espalhando, assim, o amor”, concluiu Campos Machado.