Nota de repúdio

Não consigo acreditar nas imagens, e matérias que li, a respeito da morte de Genivaldo, na cidade sergipana de Umbaúbas. Mais uma morte de um negro envolvendo uma situação em que agentes agem de forma monstruosa, sem preparo para enfrentar uma situação como aquela. 

A Polícia Rodoviária Federal que me desculpe, mas é vergonhoso o que se passou. Este ato não pode passar impune, não pode ser arquivado, pelo contrário, tudo precisa ser explicado e muito bem investigado. 

Aos familiares de Genivaldo, ficam aqui meus sentimentos e desejos para que tenham força para continuar e não desistam!