Campos Machado se torna padrinho do Instituto dos Juízes de Paz

Em reunião com o presidente do Instituto Nacional dos Juízes de Paz, Miguel Marques de Alcantara, e seu vice-presidente, Valter Oliveira, o deputado Campos Machado se tornou padrinho do Instituto dos Juízes de Paz.

Campos falou sobre as importantes funções que eles exercem e se lembrou do seu passado: “Lembrei de que nasci dentro de um cartório de registro civil, em Cerqueira César”, disse o deputado, que continuou.

“Durante o encontro, pude sentir a maneira injusta como é tratada essa carreira e lembrar que tenho um antigo compromisso com meus saudosos pais, que foram donos de cartórios e nunca tiveram o reconhecimento que a categoria merece”.

Ao receber o convite, o deputado disse aceitar “com muito orgulho o convite para ser padrinho da categoria”, finalizou Campos, que foi justamente quem criou a lei que instituiu a data em que se comemora o dia do Juiz de Paz, em 15 de outubro.